HPC 420 Segurança e Qualidade dos Produtos Saneantes e de Higiene Pessoal

A segurança e a qualidade dos produtos saneantes e de higiene pessoal (sigla em inglês: Home and Personal Care – HPC) é uma preocupação global.

A globalização da produção e a aquisição destes produtos pela grande maioria da população, desperta em todos, a grande preocupação pelo fornecimento de produtos seguros e de qualidade.

Não é por a caso que a legislação brasileira possui através da ANVISA a RDC-48:2013, que aprova o Regulamento Técnico de Boas Práticas de Fabricação para Produtos de Higiene Pessoal, Cosméticos e Perfumes e a RDC-47:2013 que aprova o Regulamento Técnico de Boas Práticas de Fabricação para Produtos Saneantes.

Dentro do âmbito dos sistemas de gestão, a Foundation HPC 420 (sede em Gorinchem, Stephensonweg 14, 4207 HB, Holanda) possui o padrão de gestão HPC 420: Global Safety and Quality Management System Certification Scheme for Home, Laundry & Personal Care Products.

Trata-se de um padrão global com esquema de certificação de terceira para sistemas de gerenciamento de segurança e qualidade de produtos saneantes e para higiene pessoal.

O HPC-420 é composto pelas normas ou padrões:

· BSI PAS 420:2014, Product safety management system for the manufacturing of home and/or personal care products and the raw/packaging materials used for their manufacture.

· Norma ISO 9001:2015: Sistema de Gestão da Qualidade – Requisitos.

· Norma ISO/IEC 17.025:2005: Requisitos gerais para a competência de laboratórios de ensaio e calibração.

Dentro do escopo do HPC-420, existem documentos que abrangem as seguintes áreas:

· a fabricação de produtos de cuidados com a casa (saneantes, domissanitários como por exemplo: – detergentes, amaciante de roupas, pastilhas para lavar louça etc).

· a fabricação de produtos de higiene pessoal (por exemplo, shampoo, batons, almofadas de algodão, sabonete).

· a fabricação (bio) química (ingredientes de HPC, por exemplo, vitaminas, aditivos e bioextratos.

· a fabricação de embalagens de produtos HPC (por exemplo, contato direto e indireto com os produtos HPC).

Será na fabricação de embalagens para produtos HPC que iremos envidar nossos esforços daqui por diante.

A FSSC 22000 apoiou um projeto para desenvolver um módulo de embalagem de não alimentos (HPC 420). Este projeto foi iniciado a pedido da Procter & Gamble (P&G) e ALPLA.

O módulo de embalagem de não alimentos (HPC 420) foi elaborado por um grupo de trabalho FSSC 22000- P&G com base em um conjunto de requisitos fornecidos por membros do iCompliance (*) e deve ser usado em combinação com FSSC 22000.

Ao aplicar o Módulo, os processos de fabricação de alimentos e não alimentos são cobertos pela certificação.

Existe agora um módulo adicional que cobre os requisitos HPC 420 (não alimentares) que não são cobertos pelo FSSC 22000.

O FSSC 22000 incluindo o Módulo pode ser usado para auditar um local de fabricação de embalagens que fabrica materiais de embalagem de alimentos e não alimentos.

Temos então a oportunidade de certificar empresas fabricantes de embalagens em FSSC 22000 (embalagens para fins alimentares) e HPC-420 (embalagens para fins não alimentares).

(*) Uma associação entre a Fundação HPC-420 e à Foundation for Strategic Sourcing, F4SS para definir um padrão único de auditoria para se evitar múltiplas auditorias quando se trata de sistema de gestão da qualidade e segurança de produto para Home Care.

Confira também os artigos abaixo

Princípio 05 – Como os líderes reagem ao fracasso

Para alinharmos nossos entendimentos, irei começar por alguns fundamentos do princípio 5: a) Este princípio direciona a organização para dois lugares distintos. O primeiro é CULPAR E PUNIR ou APRENDER E MELHORAR, porém IMPOSSÍVEL estar em ambos os lugares. b) Os...

Princípio 04 – O Contexto Impulsiona o Comportamento

Para entender e alinharmos nossos entendimentos, irei começar por alguns fundamentos do princípio 4: a) Os trabalhadores fazem o que fazem por uma única razão, a razão é que faz sentido para o trabalhador dado o contexto que ele vive e trabalha.b) Sistemas complexos...

Princípio 03 – Aprender a melhorar é vital!

Para entender bem este princípio, vou começar com 3 perguntas poderosas para provocar sua reflexão: a) Quais sistemas, processos e ferramentas você tem para obter feedback abertamente sobre sua organização? Quão fáceis de usar e disponíveis estão essas ferramentas...

Princípio 02 – Culpar não resolve nada

Todos se lembram que nós Seres Humanos cometemos de 5 a 7 erros por hora, não se trata de um número cabalístico, mas são estimativas feitas por pesquisadores do desempenho humano. Em sendo assim, culpar as pessoas que erram seria um contrassenso, não acham?,Bom,...

Princípio 01 – As pessoas cometem erros

Estudos a respeito de desempenho Humano e Organizacional tentam encontrar um número cabalístico de quantos erros os Seres Humanos cometem. Não temos certeza se este número esta correto, mas alguns autores diz que cometemos de 5 a 7 erros por hora, incrível não?? É...

HOP: Human And Organizational Performance – Desempenho humano e organizacional

Vamos falar sobre o “Desempenho Humano e Organizacional”- HOP. Por ser um tema um tanto quanto extenso, vamos dividi-lo em 5 partes, e por quê 5 partes?, porque são 5 princípios e irei pautar um princípio por capítulo, neste primeiro capítulo, irei contextualizar um...

27 de Julho Dia Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho

A data é um marco histórico na luta dos trabalhadores por melhorias nas condições de segurança e saúde no trabalho.   O dia propõe uma reflexão sobre como os ambientes e processos de trabalho podem determinar tanto a saúde quanto os acidentes e o adoecimento dos...

Use a Gestão de Resíduos para proporcionar preservação ambiental, ganhos financeiros, ações sociais e conformidade legal

O que é resíduo Tudo que não tem mais utilidade direta para sua empresa e precisa ser descartado, é um resíduo. Dentre eles papel, plástico, papelão, vidro, madeira, eletrônicos, efluente, produtos químicos, hospitalar, entulho, lâmpadas, contaminados, etc. Por que...

O que são aspectos e impactos ambientais?

Aspecto ambiental é qualquer elemento que interage ou pode interagir com o meio ambiente de forma positiva ou negativa – resíduos, emissões atmosféricas, efluentes, produtos químicos, consumo de água, consumo de energia, consumo de materiais diversos. Impacto...

ISO14001 – Sistema de Gestão Ambiental

Através de uma combinação de controles administrativos e operacionais, a Gestão Ambiental tem como objetivo principal identificar e gerir seus aspectos significativos, de forma a mitigar ou eliminar os impactos negativos ao meio ambiente. Além disso, atender a...

Entre em contato!

Endereço

Alameda João Galego, 174
Santa Maria, São Caetano do Sul – SP
Cep: 09560-340