Princípio 05 – Como os líderes reagem ao fracasso

Para alinharmos nossos entendimentos, irei começar por alguns fundamentos do princípio 5:

a) Este princípio direciona a organização para dois lugares distintos. O primeiro é CULPAR E PUNIR ou APRENDER E MELHORAR, porém IMPOSSÍVEL estar em ambos os lugares.

b) Os líderes definem como uma organização aprende por meio de sua reação ao fracasso. Cada aspecto de melhoria depende da decisão da liderança.

A ideia deste princípio é estabelecer uma espiral de aprendizagem questionando os sistemas, os processos e a gestão, não apenas quando estes falham e geram incidentes, mas também, quando estão funcionando bem e com bons resultados. Vejam algumas perguntas que podemos fazer para melhorar.

  1. O que está acontecendo em sua organização quando nada de ruim está ocorrendo?
  2. Como você discute suas metas VERDES?
  3. O que tem por trás dos resultados POSITIVOS?
  4. Quais são os processos, defesas ou controles que estão funcionando bem para evitar eventos acidentais?

Na filosofia HOP, aprender com nossos erros ou com os erros dos outros é reativo, porém importante para a melhoria contínua. O aprendizado reativo é quando colocamos nossas equipes para estimular o pensamento crítico em segurança após a ocorrência de eventos, desvios, quase acidentes ou acidentes. Não se trata de um processo de investigação de incidentes, porque nos processos de aprendizagem, buscamos discutir as possibilidades de falhas, o que deu certo, o que não deu certo e criar defesas e controles mais resilientes. Nas investigações, buscamos entender o fenômeno, porém investigamos ou “miramos” nossos esforços para as eventuais causas que possam ter contribuído para o evento ocorrer, para assim, tentarmos “resolver os problemas”, propondo ações corretivas para as causas investigadas. Neste princípio, seguimos um caminho um pouco distinto, investimos tempo para entender o fenômeno, porém objetivando entender “o que, como e por quê” as coisas são feitas. Esta forma de pensamento, cria um ambiente de aprendizagem e reflexão muito interessante e propício para gerar o que chamamos de “inteligência organizacional em segurança”.


No HOP, se utiliza a abordagem reativa (aprendizado com os erros) e a abordagem proativa (capacidade operacional, onde sistemas, processos e pessoas funcionam de acordo com o planejado).


É neste princípio que temos a oportunidade de implementar as equipes de aprendizagem. A ideia central destas equipes é identificar as diferenças entre as atividades planejadas e as atividades executadas, e a partir destes GAPS, questionar, criar aprendizado e propor alternativas para tornar os processos ainda mais seguros. Fique atento, pois na próxima edição vou falar das equipes de aprendizagem, tema crucial para colocar este quinto princípio em prática.

Confira também os artigos abaixo

Princípio 04 – O Contexto Impulsiona o Comportamento

Para entender e alinharmos nossos entendimentos, irei começar por alguns fundamentos do princípio 4: a) Os trabalhadores fazem o que fazem por uma única razão, a razão é que faz sentido para o trabalhador dado o contexto que ele vive e trabalha.b) Sistemas complexos...

Princípio 03 – Aprender a melhorar é vital!

Para entender bem este princípio, vou começar com 3 perguntas poderosas para provocar sua reflexão: a) Quais sistemas, processos e ferramentas você tem para obter feedback abertamente sobre sua organização? Quão fáceis de usar e disponíveis estão essas ferramentas...

Princípio 02 – Culpar não resolve nada

Todos se lembram que nós Seres Humanos cometemos de 5 a 7 erros por hora, não se trata de um número cabalístico, mas são estimativas feitas por pesquisadores do desempenho humano. Em sendo assim, culpar as pessoas que erram seria um contrassenso, não acham?,Bom,...

Princípio 01 – As pessoas cometem erros

Estudos a respeito de desempenho Humano e Organizacional tentam encontrar um número cabalístico de quantos erros os Seres Humanos cometem. Não temos certeza se este número esta correto, mas alguns autores diz que cometemos de 5 a 7 erros por hora, incrível não?? É...

HOP: Human And Organizational Performance – Desempenho humano e organizacional

Vamos falar sobre o “Desempenho Humano e Organizacional”- HOP. Por ser um tema um tanto quanto extenso, vamos dividi-lo em 5 partes, e por quê 5 partes?, porque são 5 princípios e irei pautar um princípio por capítulo, neste primeiro capítulo, irei contextualizar um...

27 de Julho Dia Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho

A data é um marco histórico na luta dos trabalhadores por melhorias nas condições de segurança e saúde no trabalho.   O dia propõe uma reflexão sobre como os ambientes e processos de trabalho podem determinar tanto a saúde quanto os acidentes e o adoecimento dos...

Use a Gestão de Resíduos para proporcionar preservação ambiental, ganhos financeiros, ações sociais e conformidade legal

O que é resíduo Tudo que não tem mais utilidade direta para sua empresa e precisa ser descartado, é um resíduo. Dentre eles papel, plástico, papelão, vidro, madeira, eletrônicos, efluente, produtos químicos, hospitalar, entulho, lâmpadas, contaminados, etc. Por que...

O que são aspectos e impactos ambientais?

Aspecto ambiental é qualquer elemento que interage ou pode interagir com o meio ambiente de forma positiva ou negativa – resíduos, emissões atmosféricas, efluentes, produtos químicos, consumo de água, consumo de energia, consumo de materiais diversos. Impacto...

ISO14001 – Sistema de Gestão Ambiental

Através de uma combinação de controles administrativos e operacionais, a Gestão Ambiental tem como objetivo principal identificar e gerir seus aspectos significativos, de forma a mitigar ou eliminar os impactos negativos ao meio ambiente. Além disso, atender a...

ISO 45001

Requisito 5.4 Consulta e Participação dos trabalhadores Em maio de 2018 foi publicada a norma ISO 45001 como atualização da norma OHSAS 18001:2007, destacando o trabalhador como a principal parte interessada do Sistema de Gestão de Segurança e Saúde Ocupacional e...

Entre em contato!

Endereço

Alameda João Galego, 174
Santa Maria, São Caetano do Sul – SP
Cep: 09560-340